E EIS QUE, TENDO DEUS DESCANSADO NO SÉTIMO DIA, OS POETAS CONTINUARAM A OBRA DO CRIADOR.
(MÁRIO QUINTANA)

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

A CONCHA-MENINA


A CONCHA-MENINA

Lá, onde o sol nasce no mar
Há uma cabana junto à praia
Que, dizem, foi habitada,
Por um génio
Que a deixou encantada.

Dizem ainda
Que nas noites de luar,
De uma concha que se abre,
Linda menina aparece
Logo se pondo a cantar.

Marinheiro que se preze,
Em noite de lua cheia
À praia vem espreitar
E escuta em doce enlevo
Da menina seu cantar.

E quando o dia amanhece
A concha volta a fechar
Mantendo dentro a menina
Que já não pode cantar
Até que surja o luar.

Maispa
Luz

Setembro 2009

15 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Olá, amiga!
Gostei
Belo Triste
Linda Menina que encanta o marinheiro quando canta em noite de lua cheia
Não pode quebrar o encantamento e ficará sempre Menina/jamais Mulher
Obrigada, Mariazita
Bom Dia

Sonhadora disse...

Lindo poema...gostei muito.Belo
beijos
Sonhadora

Maria João disse...

Mariazita

Este poema transporta-me para as moites de verão à beira mar, noites de lua cheia em que sempre sinto uma magia especial.
Penso nas sereias... mas será que o bater sereno das ondas é a voz dessa menina a cantar?
Gostei muito do poema
Beijinhos

poetaeusou . . . disse...

*
as minhas conchinhas,
para a Concha-Menina .
,
*

rouxinol de Bernardim disse...

Será que na vida real também há mulheres concha?! Só soltam a menina que há dentro delas quando há luar!...

Barbara disse...

Concha-protegendo a inocência do canto e da menina.
Menina-Mar.
"O mar serenou quando ela pisou na areia.
Quem canta e dança na beira do mar é sereia" - MPB.
E já que gostas, há uma postagem lá no blog, muito antiga, de título "ELA" - que é uma homenagem a Yemanjá.
Passeie, menina - mar - É VOCÊ!

JADY*ALVES disse...

Que bela poesia amiga, fiquei encantada, com certeza ela é feliz fazendo feliz alguém... Assim foi feita!
um lindo conto de fadas em cada concha-menina adoro isso.
Lindo fim de semana com muito riso e muita poesia.
Doces e ternos beijos da Jady pra tí!

SAM disse...

Heeeeeeeeeeeee que lindo, amiga! Amei!!!

* Nossa preguiça é pouco viu? Acabei de acordar e ainda tô com sono kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.


Beijos, querida amiga!

mundo azul disse...

__________________________________


Que sensação boa me deu esse poema!


Beijos de luz e o meu carinho...


___________________________________

In Cucina disse...

O mar sempre inspira belos poemas!

Beijos brasileiros, Teresa

Angela Guedes disse...

Oi Mariazita!!!
"Fácil é sair com várias pessoas
ao longo da vida.
Difícil é entender que pouquíssimas
delas vão te aceitar como
você é e fazer feliz por inteiro.
Difícil é ocupar o coração
de alguém.
Saber que se é realmente amado."

(Carlos Drumond de Andrade)

Um maravilhoso começo de semana !!!

Beijinhos
Ângela

SAM disse...

Beijãooooooooooooooo menina linda!

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo poema...Esapectacular....
Beijos

EDUARDO POISL disse...

"No fim tu hás de ver que as coisas
mais leves são as únicas que o vento
não conseguiu levar:
um estribilho antigo,
um carinho no momento preciso,
o folhear de um livro de poemas,
o cheiro que tinha um dia
o próprio vento"

(Mário Quintana)


Desejo um lindo final de semana com muito amor, paz e carinho.
Abraços com todo meu carinho.

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Olá, amiga*
Passando para ver *a Concha-Menina
Linda*
Pobre Donzela!
Só a Alma Bonita da Mariazita torna a tristeza Bela*
Obrigada pelo comentário lá no canto do nosso Poeta Daniel
Bom Diaaaaaa
Beijossss**