E EIS QUE, TENDO DEUS DESCANSADO NO SÉTIMO DIA, OS POETAS CONTINUARAM A OBRA DO CRIADOR.
(MÁRIO QUINTANA)

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

SERÁ AMOR?

Image and video hosting by TinyPic

SERÁ AMOR?

Se tu visses o que eu vi
Assim que te conheci,
Não rias, como eu não ri
Pois logo compreendi
Que o que sentia por ti…
Era Amor!

O meu sossego acabou
O que era riso passou
Choro no rosto brilhou
Minh’alegria findou
E o que ficou…
Era Amor!

Porqu’é qu’isto aconteceu?
Quem o sabe não sou eu
Talvez em noite de breu
Eu veja o que sucedeu.
Esta “coisa” que me deu…
Era Amor!

Não pensava em namorar
Gostava até de brincar
Com coisas belas sonhar
Tudo, menos te beijar.
O que me estava a atacar…
Era Amor!

Mas teus beijos são gostosos,
Trazem mel. Tão saborosos
Que não há no mundo igual.
Ai, o Amor!

O que fazer, santo Deus?
Não quero nos lábios meus
Semelhante vendaval
Ai. O Amor!

Não sei o que pretendias
Quando beijos me pedias…
Disto lembrar, quem suporta?
Ai, o Amor!

Querias que eu abrisse a porta,
p’ra ocupar meu coração,
Mas a isso eu digo NÃO!

Será Amor?

Image and video hosting by TinyPic

Maispa
Luz

Lisboa, Agosto de 2008

11 comentários:

Sonhadora disse...

Mariazita
Que belo e ternurento poema.


Mas teus beijos são gostosos,
Trazem mel. Tão saborosos
Que não há no mundo igual.
Ai, o Amor!

Claro que é amor.
Adorei
Beijinhos

Paula Raposo disse...

Não. Não é só isso.
Gostei de te ler. Beijinhos.

Alvaro Oliveira disse...

Amiga MARIAZITA

Finalmente amiga, apareci neste
belo espaço. Sei que compreenderá.
Consegui ler este lindo poema que
adorei.

Que neste Natal, o DEUS SUPREMO E
OMNIPOTENTE se lembre de a abençoar
e lhe dê tudo de bom, em especial
saúde, luz e paz.

Beijinhos

Alvaro

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Ai, Amor quando me viu
Abriu a porta sorriu sorri
Ai, Beijos cheio de mel*
Viciei*
Ai, Amor!
Jamais parei = =
Beijos deliciososssssssss
Para você, doce querida

JADY*ALVES disse...

Oi minha queridaaaa!!!
Isso tudo é amor sim, muito amor no coração.
Que gostosura que é o amor né não amiguita linda e amada.
Beijinhos da Jady

Daniel Costa disse...

Mariazinha

Um belo poema: "Será amor?", não será o escrever a tentar disfarçar uma realidade que pode disparar, faiscar em qualquer idade?
"Será amor?" Não! tentando negar digo:
Nem pensar... não é não senhor!
Beijos,
Daniel

SAM disse...

Mariazita, é o início. A brisa do amor que chega e ao longo do tempo se define. Mas é amor chegando para abrir o coração. Ahhhhhhhhh este poema me trouxe lembranças... E olha que brinquei de bonecas até 15 anos! E não pensava em namorar rsrs. Continuo brincando hoje também kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. E foi assim mesmo...Demorou a chegar de verdade na sua plenitude, viu? Vesti o poema!


_________________°PAz°
________________°União°
_______________°Alegrias°
______________°Esperanças°
_____________°Amor°Sucesso°
____________°Realizações°Luz°
___________°Respeito°harmonia°
__________°Saúde°solidariedade°
_________°Felicidade°-°Humildade°
________°Confraternização-°Pureza°
_______°Amizade°Sabedoria°Perdão°
______°Igualdade°Liberdade°Boasorte°
_____°Sinceridade-°Estima-°Fraternidade°
____°Equilíbrio-°Dignidade-°-Benevolênciaº
______CAMPANHA MEU AMIGO ESPECIAL
__________________Que
__________________Deus
_________________Continue
_______________Te abençoando!!
Bjos em teu coração iluminado!!!

Maria João disse...

Amiga

Tanto se escreve sobre o amor... esse sublime sentimento que comanda e dá sentido à nossa vida.
Por muito que se diga, nunca as palavras estarão terminadas, porque o amor tem o poder de dar em diferentes corações, cores e formas distintas.
Bonito este poema que escolheste!

Um beijinho natalício

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo poema...Espectacular....
Votos de BOAS FESTAS....
bEIJOS

Fernanda disse...

Amiga querida.

Era amor... pois que mais podia ser???
Beijinhos e Feliz Natal com tudo o que merece.
Da amiga,

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Maravilhosa!
Se amar é pecado
Quero morrer pecando*
Ainda bem que encontrei você, Mariazita amiga!
O melhor para você e a sua família!
Eu te amo para sempre!
Aquele Natal e 2001 cheio de encanto, Mulher tão cheia de Vida!
Obrigada!