E EIS QUE, TENDO DEUS DESCANSADO NO SÉTIMO DIA, OS POETAS CONTINUARAM A OBRA DO CRIADOR.
(MÁRIO QUINTANA)

terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

EU

EU
FLORBELA ESPANCA

Eu sou a que no mundo anda perdida,
Eu sou a que na vida não tem norte,
Sou a irmã do sonho, e desta sorte
Sou a crucificada... a dolorida...

Sombra de névoa tênue e esvaecida,
E que o destino amargo, triste e forte,
Impele brutalmente para a morte!
Alma de luto sempre incompreendida!...

Sou aquela que passa e ninguém vê...
Sou a que chamam triste sem o ser...
Sou a que chora sem saber por quê...

Sou talvez a visão que alguém sonhou.
Alguém que veio ao mundo pra me ver
E que nunca na vida me encontrou

FLORBELA ESPANCA

40 comentários:

Paula Raposo disse...

Obrigada Líria, pelas tuas palavras num dos meus espaços...também hoje me parece que este soneto da Florbela Espanca fica perfeito na minha pessoa...muitos beijos para ti.

Daniel Costa disse...

Líria

Optar por um poema da Florbela Espanca, uma poetisa que admiro, é sempre uma boa opção.
Ela, na sua poesia, tratou sempre os seus amores, como incompendidos, mas creio que a época é que não estava à altura do seu gigantismo.

Aconselho-te a aguentar o blogue, a Mariazinha não deixará de ajudar, tenho-a em grande conta.
Beijinhos,
Daniel

Ana Martins disse...

Olá Líria,
bonito este soneto de Florbela Espanca, a enriquecer o teu espaço!

Beijinhos,
Ana Martins

Maria João disse...

Querida Líria, não desistas de zelar por aquilo que te dá prazer e te gratifica, mesmo que o estudo te ocupe a maior parte do tempo, existirá por certo um pedaçinho da tua disponibilidade para, em cunjunto com a Mariazita, manterem este vosso cantinho tão prazeroso para quem o visita.

Sobre o soneto que publicas hoje:
Florbela Espanca viveu sem dúvida num tempo e numa sociedade que não estava ao nível da sua grandeza.
É uma poetiza no feminino, dramática, forte, verdadeiramente humana, profundamente mulher.
É um dos detalhes que considero eternos e dessa forma permanece em cada um de nós, ao sentirmos que em cada poema seu, num momento ou noutro, ela descreve exactamente o nosso estado de alma.
Parabéns pela escolha... mais uma vez uma excelente escolha neste blogue.

Um beijinho
Grata pela tua visita, volta sempre!

Vieira Calado disse...

Claro que é uma excelente escolha!

Bjs

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA LÍRIA, EXCELENTE ESCOLHA, FLORBELA ESPANCA SEMPRE FOI A MINHA MUSA INSPIRADORA... ADOREI AMIGA E TENTA SEGURAR O BLOGUE ABERTO, POIS É LINDO... UM GRANDE ABRAÇO DE CARINHO RE TERNURA,
FERNANDINHA

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Líria, belo soneto...Espectacular....
Beijos

Ema Pires disse...

Amiga Liria,
Obrigada pela tua visita. Eu estou exactamente na mesma situaçao que tu, devido ao meu trabalho que me ocupa o tempo todo, devido às viagens e esperas eternas nos aeroportos.
Eu também há muito que nao escrevo nada no meu espaço, mas nestes momentos é impossível.
Nao te preocupes, o teu espaço é lindissimo e os teus amigos sempre voltarao; que é o que está a passar com o meu Baobab.
Obrigada por este lindo poema.
Mando-te um grande abraço e também à querida Mariazita.

irineu xavier cotrim disse...

e quem é a mariazita. onde ela anda.Será que está de férias?

DE-PROPOSITO disse...

Olá.
È muito difícil falar de FLORBELA ESPANACA. A sua poesia cativa qualquer um. E, perante isto, o que dizer!
Fica bem.
E a felicidade juntinho de ti.
Manuel

José Manuel Brazão disse...

Tens um blog muito bem apresentado!

E eu estou muito habituado a blogues!

Beijos com carinho

São disse...

Gosto muito de Florbela, mas ia ficando encravada...
Estude muito, que é deveras importante!!
Beijinhos.

águia_livre disse...

Sublime.

Um soneto admirável sempre gostoso de ler

Vistem:

http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.com/
.

Georgia disse...

Obrigada pela visita. Uma ótima escolha, o poema da Florbela.

Há pouco tempo na blogesfera fizemos uma blogagem coletiva sobre ela. Foi sensacional.

Um abraco

mundo azul disse...

_________________________________

É um belíssimo soneto!

Florbela Espanca é realmente uma das melhores sonetistas que conheci...


Beijos de luz, o meu carinho e agradecimento pela gentil visita!!!

_________________________________

Pascoalita disse...

Muito bonito, sim.

Gosto de Florbela Espanca, embora a evite ler quando estou triste, pois é muito sofrida.

menina, obrigada pela visita ao meu espaço. Também ando com pouco tempo disponível.

Este cantinho é muito agradável.
Vou tentar ir passando por cá para ver as novidades, ok?

In Cucina disse...

Líria, obrigada por visitar o meu blog. Gostei da poesia de Florbela Espanca que não conhecia.
Que bom podermos visitar blogs e aumentar os nossos conhecimentos! as nossas relações e viajarmos pelo mundo sem sairmos do lugar.
Abraços, Teresa

vladimir da lapa disse...

Vem daí conhecer o Segredo do Vladimir...

A eterna Florbela...

o que me vier à real gana disse...

Olá Líria, boa noite!

Sim, tens aqui um belo poema da excelente poetiza Florbela Espanca. Triste era mesmo aquela senhora genial!

Vá, contigo e com a Mariazita, temos blog de monta!

Bj

O Profeta disse...

Florbela Espanca eternamente...


A sombra da paixão
Uma espada solta no pecado
Um fruto amargo em coração faminto
O abraço inventado do mal-amado

Um caminhar mudo, pés descalços
Uma oração perdida no agreste frio
O chão a correr em desencontro
Como as águas de um inventado rio



Boa semana


Mágico beijo

Sei que existes disse...

Conheço bem este poema... É um dos que eu também gosto muito de Florbela Espanca!Boa escolha.
Beijocas grandes

Desnuda disse...

Querida Líria,


é lindo este poema de Florbela, assim como todos desta poetisa que amo de paixão. Revela neste um estado de desânimo, dor e tristeza fatalista.


Compreendo qe os estudos são prioridades, mas tenho certeza que tudo se ajeitará a contento!


Um enorme abraço e carinhoso beijo

Gui disse...

É lindo este soneto e revela a sensibilidade de quem o escolheu. Obrigado por partilhares conosco os teus sentires.

Cadinho RoCo disse...

As descobertas que fazemos de nós mesmos são sempre surpreendentes.
Cadinho RoCo

Multiolhares disse...

Lindo poema, boa escolha a tua
beijinhos

Marcos Miorinni disse...

Olá, admirável Florbela em fundo azul de esparramar calmaria ... parabéns.

Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento.
Clarice Lispector

abraço das letras
Marcos Miorinni

Pascoalita disse...

Mariazinha

Obrigada pela visita ... apesar da falta de tempo, tentarei manter-me uma visitante assídua deste cantinho acolhedor :))

Jinhjos às duas

xistosa - (josé torres) disse...

Gostava de a ter conhecido ... penso que "ninguém a apoiou" como merecia.
Amou demais e erradamente e na altura não havia psicólogos.
Teriam tido qualquer efeito?
Talvez não.
A sua vida amorosa atribulada e dos progenitores acelerou a causa da morte que não se sabe bem qual foi.

Não há nada que tenha escrito que não tivesse lido.

Sabia quase todos os seus sonetos de cor.
Hoje ... a memória esvaiu-se e, nem acreditava, mas a não me recordo completamente de nenhum, necessito de mnemónicas.
Leio sempre e sempro a acho diferente.
Hoje voltou a suceder isso.
Obrigada.

manzas disse...

Ah! Se eu soubesse
Que cava vez que aqui venho
Encontraria sempre
Tamanha beleza…
Certamente voltaria
E é certo que fico crente
Neste blogue
Que tenho
Admiração e certeza
De nunca ficar ausente!

Um bom fim-de-semana
Com paz, saúde e muito amor…

Fico grato pela visita
E comentário…

O eterno abraço…

-MANZAS-

J. Araújo disse...

Obrigada querida pelo comentário em um dos meus blogs.

Fiquei muito feliz. Por outro lado fiquei triste ao saber que está pensando em abandonar seu blog.

Não faça isso!! Sei que a vida e os estudos toma muito seu tempo, porém, quem sabe se vc dedicar um pouquinho mais possa continuar nos brindando com suas poesias, poemas e outros assuntos.

Pense nisso!! Espero que reconsidere sua decisão, e tenho certeza que como eu, outros leitores também não gostaria de perde-la.

bj

Meus E-mail: click_araujo@itelefonica.com.br; jardimaraujo@hotmail.com

Carla Silva e Cunha disse...

Ola
agradeço muito a visita e espero mesmo que tenha gostado da minha galeria e especialmente das minhas telas
bom fim de semana
beijinhos
Carla

Fenix disse...

Amiga Líria,
Obrigada pela visita e pelo comentário lá, num dos meus espaços.
Desculpa só vir agora..., também a mim me falta o tempo para fazer tudo o que gosto e visitar e comentar todos os amigos.
Não desistas!
Mesmo que não consigas publicar com regularidade sempre podes ir aparecendo e os teus seguidores sentem o teu aparecimento :-)))

Coragem e força para tudo o que tens que fazer e volta quando puderes!

Beijinhos e bom fim de semana
São

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Procurei em livros e livros,
Um poema,
Um parágrafo,
Uma frase,
Que me resguardasse da mágoa, Como janela de vidro protegendo o rosto da chuva.
Mas nada do que leio chega para contar o que sinto.

( N.G.J. )

Bom domingo para você e toda sua família
Abraços

Passa la no blogger tem uma novidade

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA LÍRIA, VOTOS DEUM BOM DOMINGO... UM GRANDE ABRAÇO,
FERNANDINHA,

o escriba disse...

Líria

Obrigada pela visita.
Também gosto muito de Florbela, especialmente deste soneto.
Tudo de bom para si.

bjs
Esperança

Pelos caminhos da vida. disse...

Bela postagem!

Obrigada pela sua visita,espero poder contar mais vezes com ela.

Selo "Mulher 2009" esperando por vc la.

beijooo

O Profeta disse...

Mudei os meus mais profundos desejos
Vi reflectida em ti a ternura
Não há derrota no sonho
Não há revolta, apenas brandura

O julgamento dos teus fracassos
É feito numa lagoa sem azul
Um milhafre lança um pio de raiva
Que atinge o branco das casas do sul


Boa semana


Mágico beijo

Angela Guedes disse...

Tem selo para ti no meu blog.
Um grande abraço!!!
Angela.

Mara disse...

Querida Amiga Líria,
É um prazer vir ao teu belo blog. Vou percorrê-lo a lés a lés e deixarei comentários.

Um blog nunca se pode fechar porque é o nosso espaço e podemos precisar dele
de um dia para o outro.

Se a falta de tempo não deixa ir lá todos os dias, ele espera de certeza.

Um abraço da

Milai

Isabel loves design disse...

Que lindo, Sera a minha irma gemia perdida :)