E EIS QUE, TENDO DEUS DESCANSADO NO SÉTIMO DIA, OS POETAS CONTINUARAM A OBRA DO CRIADOR.
(MÁRIO QUINTANA)

domingo, 28 de julho de 2013

TEMPO

(Fotos minhas, objectos meus)
 
TEMPO
 
  Tempo!
Bendito tempo
que as dores sempre acalma,
que aquieta as más lembranças,
que preserva a criança
que levo escondida em minh’alma.
 
  Tempo!
Maldito tempo
que marca meu rosto com garras,
que passa sobre meus sonhos,
que rasga a mágica ténue
da vida que se esvai nas floradas  
 
Tempo,
pudesse te dominar.
sem medo, sem pejo de nada,
um tango iria dançar
e enfeitar de alegria
os minutos que em mim se abrindo
nunca iriam passar.
 
Ah, tempo,
pudesse te segurar
bem firme por entre os
dedos,
fixa
ria poentes
em cores de obra-prima,
teceria belos casulos
de luar e de neblina
para meus segredos guardar.
 
E os bem-te-vís, os ouviria cantar
sem pressa, parada no cais,
lembrando quem bem-me-viu
que levastes em tuas asas
para o mundo do nunca mais.
 
Tempo,
Não tires assim meu alento,
preciso já construir
as pontes dos bons intentos,
romper distâncias, calar o pranto
enquanto busco o amor,
que tu de maldade escondeste
nas trevas do desencontro.
 
Tempo,
fique mais, quero rever o mar.
de longe e de perto amar.
desfolhar muitos azuis,
resplandecer em auroras
esquecida que nas horas
estás ligeiro a passar.
 
Por fim, como anjo vadio
planando sem eira nem beira
sobre abismos de saudade,
hei de mostrar-te a verdade:
não podes comigo, tempo,
sou filha da eternidade.
 
MARIA LÚCIA VICTOR

Maria Lúcia Victor (Barbosa) diz, de si mesma:
Sou mineira de Belo Horizonte, mas hoje piso a terra roxa do norte do paraná.
Sou socióloga por profissão, fui professora por missão, sou escritora por vocação.
Antes de mais nada sou mãe e meus filhos são minhas três obras-primas, acrescidas agora por uma netinha, minha primavera, minha borboletinha cor-de-rosa.
Sou politicamente incorreta.
Sou uma passageira da eternidade em busca da LUZ...

75 comentários:

✿ chica disse...

Maravilhosa poesia nos trouxeste. O tempo, uma bela inspiração e tanto faz nas nossas vidas! Lindo conhecer essa poetisa! beijos às duas,chica

A. João Soares disse...

Mas a beleza poética destes pensamentos, não impede que o TEMPO seja o recurso mais caro, mais especial, mais imprescindível com que devemos contar a cada momento.
É recurso perecível que, quando se desperdiça nunca se recupera. Passa inexoravelmente o que nos obriga a fazer dele um bom proveitamento e a não lamentar o que já se perdeu. De nada vale chorar o tempo passado. Há que viver intensamente AGORA e não perder inutilmente um só segundo, que deve ser utilizado em pleno em função dos nossos elevados valores e princípios cívicos, morais, éticos, humanitários, solidários.

Diácono Gomes Santa Cruz disse...

Que linda poesia o Tempo adorei são lindos os pensamentos descritos neste tempo, mas não devemos chorar os tempos passados, mas sim abrir os nossos braços ao tempo presente e o tempo futuro.
Beijos
Santa Cruz

São disse...

Neninha, obrigada por me convidares
para esta partilha de um poema muito bonito, escrito por uma pessoa bem interessante.

Minha querida, abraço forte e um domingo muito bom para ti ( e para a tua amiga, rrss)

Duarte disse...

PARABÉNS, às duas, uma pela divulgação e à outra pela qualidade no verso.
O poema é extenso, diz muito e expressa mais. mas sai como um pensamento, o que não nos é comum a todos os mortais, sendo belo.

Olhai os lírios, faz-me recordar uma grande obra do imortal Ernest Hemingway "Olhai os lírios do campo".
Gosto muito de lírios... aqui em casa são brancos...

Um grande abraço para cada uma de vós

marciagrega disse...

Lindos versos sobre o tempo que sempre teima em passar... Mas como bem diz o poema somos filhos da eternidade!

Que encontrar a Maria Lucia aqui, agora como poeta!

Bjussssss
http://marciagrega.blogspot.com
http://coisasminhas-escritas.blogspot.com

Malu Silva disse...

O tempo nada mais é do que esse senhor fascinante que nos percorre cada passo, cada pulsar da alma. O tempo ameniza, cicatriza, cura... o tempo é sábio e conselheiro. Para muitos passa rápido, para outros tão lentamente, mas ele sempre está ao nosso lado fazendo-nos companhia...
TEMPO - nosso aliado e grande professor.
Um beijinho as duas

Arnaldo Leles disse...

Sou meio suspeito para dizer que adorei, pois sou mineiro, como Maria Lúcia e o nosso Drummond, mas que esta mensagem se espalhe: "somos feito da eternidade"

Abraço a todos!

Ruthia disse...

Adoráveis os versos da sua amiga brasileira. Toda a gente queria parar o tempo, em algum momento da vida, mas não há forma de viver sem ser ganhando anos, deixando passar o tempo!
Resta-nos aproveitá-lo bem.
Um doce domingo e um beijinho para as duas.

Ruthia d'O Berço do Mundo
http://bercodomundo.blogspot.pt/
https://www.facebook.com/BercoDoMundo?fref=ts

Lilazdavioleta disse...

Muitíssimo bom este poema .
Gosto , sobretudo , da ultima estrofe .
De facto , a eternidade existe em nós .

Um Beijo ás duas .

Manuel Luis disse...

Tempo, é tudo o que temos! Beijos para as duas maravilhas.

SOL da Esteva disse...

Querida Amiga

Um belo Poema a aglutinar os cambiantes do tempo que nos percorre o corpo e a Alma.
É no tempo que nos enriquecemos, nos amamos, nos realizamos.
Haja tempo!
Parabéns a ambas.


Beijos


SOL

Célia Rangel disse...

Inspiração divina, preciosa que nos energiza no enfrentamento do tempo... Lindo poema! Lindo é o tempo de vivermos grandes amizades!
Bjs. Célia.

Dorli disse...

Olá poetisa,

Sua poesia aprofundou minha alma e vi que muito tempo passou. Passou o sofrimento da alma, a saudade; ficando como recompensa umas dores e quero voar como um pássaro, quiçá encontrar uma eternidade sem dor.
Amei a poesia.
Obrigada Mariazita

elvira carvalho disse...

Um belo poema de uma poetisa que não conhecia. Obrigada pela partilha.
O tempo é realmente imprevisível. Tanto nos pode dar o talento para escrever um tão belo poema, a sensibilidade para ver a beleza que nos rodeia, como nos pode levar todas as memórias.
Um abraço e bom domingo

Evanir disse...

Querida Mariazita.
Um belíssimo poema tocou profundamente meu coração.
Fico feliz a cada novo poeta , que vou conhecendo no longo tempo , que Deus me permitiu seguir pessoas amorosas de coração puro como essa poeta , que tão lindamente descreveu tudo , que vai em sua alma.
Feliz Domingo a poetisa , e a você amiga Marizita meu carinho , respeito e amizade,
Evanir.

vitorchuvashortstories disse...

Olá, Mariazita!

O senhor tempo! Se ao menos pudéssemos ter mão nele...e acertar o relógio dele pelo nosso...

Lindo poema, feito de sentimentos opostos: que começando em tom de agradecimento, acaba em tom de desafio - que é a única forma de com ele lidar, à medida que ele por nós passa...

Bom restinho de Domingo, e beijinhos amigos.

Ghost e Bindi disse...

Que beleza de poesia, calcada na sabedoria e decorada com a leveza das belas imagens poéticas. O tempo nada pode contra quem descobriu-se eterno. Um grande abraço!

Bíndi e Ghost

Ana Cecilia Romeu disse...

Querida amiga Mariazita,
tudo bem?
O poema de Mária Lúcia é um encanto. Muita sensibilidade e reflexão.

Como tudo na vida, o tempo também traz em si uma dicotomia. Mas existe, para além dele mesmo, o além-tempo: a Eternidade por excelência. Quando somos nós, no tempo-eu a rir de tudo e sonhar no nosso próprio tamanho. Eis aí as horas de verdade!

Grande beijo a Maria Lúcia, e parabéns pelo talento!

Um beijo muito, muito especial para ti, minha amiga querida Mariazita, que ainda espero, além-tempo, conhecer pessoalmente!

Silenciosamente ouvindo... disse...

Maria Lúcia muito gosto em
conhecê-la através deste blogue
de uma também minha amiga virtual.
O seu rosto é muito sereno e
bonito e a sua poesia muito boa.
Fez uma descrição muito completa
sobre o tempo.Gostei imenso.
Um beijinho para si e para a Maria.
Irene Alves

isa disse...

Um lindíssimo Poema sobre um tema que tanto nos perturba:o Tempo.
Gostei de conhecer esta poetisa.
Beijo.
isa.

Por: Ivaldete Piunti disse...

Que belíssima poesia! "Tempo", aquele que fica de tudo resolver...
"Tempo,
fique mais, quero rever o mar.
de longe e de perto amar.
desfolhar muitos azuis,
resplandecer em auroras
esquecida que nas horas
estás ligeiro a passar"
Amei a poesia, principalmente esses dizeres.

Bjo no coração.
Obrigada Mariazita por compartilhar .
Fica com Deus.

LUZ disse...

Olá, querida amiga Mariazita!

Deu nova roupagem a este seu blogue?
Já não passava por cá há um tempo, e parece-me que não era este o Design dele.

De qualquer maneira, quero gabar-lhe o bom gosto, a suavidade e a cor escolhida, que se enquadra na tonalidade dos lírios e na conjuntura do nome do mesmo.

Não conhecia esta escritora brasileira, que embora esteja a viver no Paraná, tem na sua escrita, a forma, o tipo e o conteúdo dos escritores da sua pátria, e ela, com dupla "responsabilidade", porque é mineira.

Falar do tempo, é fácil e difícil simultaneamente, tanto na vida real, quanto no mundo literário, mas Maria Lúcia, consegue impor-se ao tempo, no poema, obviamente, apelidando-se de "filha da eternidade".

O QUE O TEMPO LEVA, O TEMPO TRAZ, UM DIA, ESPEREMOS!

ELE É SENHOR DAS NOSSAS VIDAS, UMAS VEZES PARA NOSSO BEM, OUTRAS, BEM PELO CONTRÁRIO.

Poema muito bem estruturado, de boa métrica e, no final, encontra-se a CHAVE, fortíssima, aliás, do mesmo.

Bom domingo e melhor semana.

Beijinhos da Luz, com estima.

Gracita disse...

Olá Mariazite!
Com que propriedade a Maria Lúcia fala desse grande senhor "O tempo". Precisamos fazer um acordo de coexistência pacífica com ele para que nossas vivências sejam melhor aproveitadas em cada instante concedido por este grande senhor.
Parabéns à grande poetisa minha conterrânea de Minas Gerais.
Aplausos pra ti Mariazita pela escolha de uma obra soberba.
Beijos no coração
Gracita

”Click gracita mensagens”

Pats disse...

Um bem haja para essa pessoa especial que fez essa publicação linda e para a homenageada que é minha conterrânea e tem no rosto a alegria de uma alma feliz.

Abraços.

Beatriz Bragança disse...

Querida Mariazita
Que belo poema escolheu para nos falar sobre o TEMPO!Gostei imenso, bem como da serena Maria Lúcia, a autora genial.
Só por esta poesia e pela foto,já consigo revelar que se trata de uma imensa poetisa e reconhecer a grandeza da sua alma.
Sob o ponto de vista formal,este poema caracteriza-se por uma variedade grande de ritmos e por uma musicalidade surpreendente.Apresenta belas antíteses,que desenvolve com uma maravilhosa perfeição na execução:«Bendito tempo/Maldito tempo;apresenta riqueza de adjetivação,metáforas e personificações:«Teceria belos casulos de luar e de neblina para meus segredos guardar.»
Ao mesmo TEMPO,e apesar de me parecer ainda jovem(pelo menos de espírito),mostra que sabe que a vida nos atinge com profundas e dolorosas vivências.É crente,contudo,como ser humano inteligente e perspicaz que é, mostra que se sente impotente para dominar o TEMPO. Com toda a humildade,faz-lhe um pedido:«Fique mais» - outra personificação(e uma utopia).Porém,a fé religiosa em DEUS,fá-la superior ao TEMPO,terminando o poema com chave de ouro:«Sou filha da eternidade.»
Apetece-me bater palmas,quando leio poemas como este.Virtualmente,já estou a fazê-lo,rendendo,à autora as minhas mais sinceras homenagens.
Obrigada, Mariazita,pela partilha de uma jóia assim.
Continuação de um bom domingo.
Beijinhos de quem ficou fã da autora Maria Lúcia
Beatriz

Zé do Cão disse...

Mariazita
Há quem diga que o TEMPO passa. Passa sim, é certo, mas o TEMPO deixa marcas que o próprio TEMPO não deixa passar nunca.
O Poema é bonito, mas esta mãe / avó, jovem na sua escrita é um hino que não deve deixar de ser ouvido.
Bem haja Maria Lucia, Mineira de coração.
Beijos para ambas


Maria Emilia Moreira disse...

Olá Mariazita!
Obrigada pela partilha de tão belo poema! Gostei de conhecer virtualmente,claro , a poetisa.
O tempo é um tema fantástico e está aqui muito bem "apanhado"
Um abraço amigo.
M. Emília

Miguel Azarati disse...

O tempo! Esse bem tão precioso que nos foi dado e que tantas vezes desperdiçamos - ou, pelo menos, não aproveitamos como deveríamos.
O poema da tua amiga é lindíssimo, querida Nina.
Dá-lhe, por mim, os parabéns, e diz-lhe que fico à espera de mais...
Beijos para ambas

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Antes,meus parabéns à Mariazita, pela rica imagem que ilustra a epígrafe do belíssimo poema:esse "marcador do tempo" do Tempo, é uma linda relíquia. À mineira Maria Lúcia, poetiza em grande estilo, conhecedora como ninguém, da importância e valor que se agrega a esse velho conhecido da humanidade, o Tempo, deixo meu aplauso, pela poesia e pela biografia.Abraço às duas.
Lúcia

Lilá(s) disse...

São lindos estes pensamentos aqui descritos!seria bons se em determinados momentos conseguíssemos parar o tempo.
Parabéns pela escolha e parabéns também á amiga brasileira pelo talento.
Bjs

Donetzka Cercck L. Alvarez disse...

Realmente belíssimo poema,Mariazita.E uma bela homenagem sua à amiga.


Obrigada pela visita.

Ótimo domingo e semana

Beijos

Donetzka

Maria Rodrigues disse...

Belissimo poema. Como seria bom podermos segurar os momentos bons e acelerar o tempo nas alturas dificeis...Obrigado minha amiga pela partilha.
Parabéns para a Maria Lúcia e um grande beijinho para as duas.
Maria

Anne Lieri disse...

Mariazita,muito linda a poesia de sua amiga mineira! Comovente e final inteligente,onde a poetisa vence o tempo,pois somos da eternidade!Eu adorei a poesia e seu blog que já estou seguindo tb.bjs,

Zilani Célia disse...

OI MARIAZITA!
VAIS BEM AMIGA?
TE PARABENIZO PELA BELA ESCOLHA E A AUTORA MARIA LÚCIA, PELA OBRA PRIMA.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Vera Lúcia disse...


Olá Mariazita,

Belíssimo o poema desta ilustre conterrânea.
O tempo foi lindamente versado.
Adorei a leitura.

Beijo às duas.

Olinda Melo disse...



Bom dia,
Querida Mariazita

Excelente poesia de uma bela Mulher!

É assim mesmo, ultrapassar as barreiras do tempo direccionando-nos para o infinito, onde a Alma tem o seu poiso merecido. Depois disso, tudo é acessório e nem mesmo as rugas com que nos marca têm relevância. Hoje levo daqui mais ensinamentos para a minha caminhada.

Minha querida, tenho tido alguma dificuldade em aceder aos teus blogues. Faço clic em 'Mariazita Azevedo', vou ter a uma página que eu não percebo... Depois tenho de volta à lista do meu painel para então clicar em ' A casa da Mariquinhas' e então sim tenho o problema resolvido.

O mesmo me acontece com o amigo Luís Coelho, mas, em relação a ele não tenho conseguido comentar de todo.O Google pede-me elementos que não considero relevantes. Deixo aqui este recado ao nosso amigo se tu mo permites... :)

Uma excelente semana com muita saúde!

Beijinhos

Olinda

Ricardo- águialivre disse...

Poesia linda, maravilhosa que adorei ler
Versar o tempo foi uma ideia divinal

Fique feliz
*****************
Visitem

http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida Mariazita

Um poema muito belo, não conheço a autora, mas adorei a homenagem que lhe fizeste.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Louraini Christmann disse...

Muito bom!!!!!!!

Robert Thomaz disse...

Olá Mariazita, cá estou a visitar-lhe e a prestigiar Maria Lucia. Realmente não a conhecia. Gostei muito do poema. Sua maneira de ver o Tempo, e eu particularmente adoro narrativas e poemas que falam do tempo, muito bela, doce, envolvente, emocionante. Felicidades a Maria Lucia e a minha prezada Mariazita.

Tétis Ninfa disse...

Olá Mariazita,

Muito belo este "Tempo" da Maria Lúcia que tiveste a feliz ideia de aqui colocar para assim podermos todos partilhar poesia de qualidade.

Daqui da nossa "santa terrinha" envio-te um abraço bem apertado e um beijinho amigo.

Parabéns à poetisa e um beijinho também para ela.

MARILENE disse...

Muito belo o poema dela. Esse tal de tempo é traiçoeiro, mas tem também suas vantagens. Bjs.

Marilu disse...

Querida amiga, tivemos a mesma ideia, escrever sobre o tempo, que as vezes é maravilhoso e muitas vezes cruel, a felicidade dura apenas momentos e os momentos de sofrimento parecem ser eternos. Mas felizes ou não somos dependentes do tempo, algo que não podemos mudar. Linda poesia. Beijokas

manuela barroso disse...

Um dos meus "martírios" Mariazita é aprender ainda a ler o tempo
E ele é tudo o que a Maria Lúcia diz o que nos causa "amor" e uma espécie de "raiva". Por isso a quem o sabe poetizar tão bem os meus parabéns. E para a sua admirável escolha os meus parabéns também.
carinhoso abraço

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

Obrigada por me teres convidado a conhecer esta poetisa. Gosto muito do tema TEMPO, talvez por que seja essencial nas nossas vidas, não propriamente o tempo, mas, sim a maneira como o passamos; nem sempre sabemos saboreá-lo e muitas vezes esquecemos de que ele passa num instante e o instante presente é o único tempo certo que temos; todo o outro, ou já morreu ou não se sabe se o teremos. Fica bem, amiga e um bom início de semana. Um beijinho e até sempre.
Emília

Regina Magnabosco disse...

O tempo é intrigante
O poema é lindo
A definição de Maria Lúcia sobre ela (profissão, missão, vocação...) é emocionante.
Um abraço às duas escritoras!
Veja bem: foi um abraço só, para que as duas fiquem bem juntinhas nele, apesar da distância física deste momento :)

Linda Simões disse...

Mariazita,


Estou sem palavras para descrever como achei LINDO este poema.
Obrigada pela partilha!
E parabéns.
Que tenhamos TEMPO para curtir o TEMPO.

Beijinhos

Artes e escritas disse...

Todos nós estamos ligados com o eterno Deus, procuremos a luz e saibamos que o tempo nada é para Ele. Um abraço, Yayá.

Malu Silva disse...

Grata pelo seu carinho e atenão sempre, Mariazita. Beijinhos...

Manuel Luis disse...

Marca no relógio 13:20.
Estou atento.
Bj

Zilani Célia disse...

OI MARIAZITA!
GRATA POR TERES IDO LÁ NO "SÓ PRA DIZER".
BOM FINAL DE SEMANA.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Evanir disse...

Com muitas saudades depois de uma pequena ausência
estou voltando para agradecer seu carinho comigo
eu entendo ,que a amizade é eterna quando somos amigos de verdade.
Nessa ausência pude compriender o quanto
sua presença enche minha vida de esperança.
Esta sendo difícil passar por mais essa fase
da minha vida.
De sorte a minha fé é inabalavel por maior ,
que seja minha luta procuro ser cada dia mais forte.
Eu ainda não sei de onde vem minha força,
mais acredito , que vem do Alto Dos Céus.
Onde as estrelas e os anjos me cobre de paz e de luz
restaurando assim minha vida.
Com muito carinho deixei um premio na postagem
caso gostar leve por favor.
Deus abençoe seu final de semana.
com carinho e minha amizade pra sempre.
Beijos no coração e na sua alma.
Evanir.

Sotnas disse...

Olá prezada Mariazita, e que tudo esteja bem!


E cá estou novamente neste teu belo espaço, e como sempre que por aqui venho encontro outra de tuas belas escolhas, parabéns e obrigado por compartilhar teu bom gosto!

Ah este senhor de nossa jornada, que trégua não nos permite por nada, e sendo assim, por não conseguir qualquer intento, com o tempo, nem tento!

Parabéns a Maria Lucia pelo tão belo e sensível poema!

Assim desejo a você Mariazita e a Maria Lúcia, que tenham em suas vidas sempre a felicidade intensa, um grande abraço e, até mais!

Ina Mel disse...

Que lindooo!
Quanta sensibilidade!
Lindo demais.

Gisele Claudya disse...

Ah, o tempo! Se pudéssemos segurá-lo...
Beijossssssss

Vieira Calado disse...

Cientistas dizem que o tempo é uma abstracção.
Será que nós também somos?
Beijinho para si!

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Ultimamente
tenha achado
que não
é o tempo que passa
por mim,
mas que sou eu
que com a minha brevidade,
passa pelo tempo.

Que em teu coração,
a vida possa dançar
a música da alegria.

✿ chica disse...

Adorei te ver de volta! Foram boas as férias? beijos,tudo de bom,chica

Sissym Mascarenhas disse...


O tempo é enigmático, ele se arrasta e tambem vai embora, com ele vem e com ele vão muitas historias.

Bjs

DIOGO_MAR disse...

O mestre e implacável tempo.
Que embrulhamos em saudade, com o laço da esperança.
O tempo, pauta a vida, do velho, do jovem, e da criança.

Deixo o convite para ler os meus posts
AOS PÉS DO TEMPO E CARTA SEM ROSTO
Tem uma correlação com este tema.

JINHO

http://diogo-mar.blogspot.com/

Patrycja (photoopassion) disse...

Cudowne tempo !

Pozdrawiam : Patrycja (photoopassion)

Sissym Mascarenhas disse...



O tempo é um instrumento poderoso, ora brinca com a gente, ora com ele.

Bjs

Fê blue bird disse...

Um lindo poema que tanto diz e com o qual me identifico completamente.
Gostei de a conhecer mais um pouquinho e fiquei a apreciá-la ainda mais.
Parabéns!

beijinho

Rose Sousa disse...

Apesar de tirano o tempo nos reserva lindas poesias que encantam a nossa alma. Parabéns pelo lindo blog e poesias marcantes! Adorei ficar por aqui também Mariazita e obrigada pela sua ilustre presença no meu recanto. Abraçosssss!

Existe Sempre Um Lugar disse...

Olá,
Inspiração fantástica na criação deste belo poema, sabemos que o futuro está mesmo ali para o agarrar com motivação.
Abraço
ag

Ives disse...

Que lindo poesia de tempos em encantos de estradas floridas poetizadas numa grandiosa melodia!

Lourdinha Vilela disse...

Uma grande poetisa, muita inspiração à cerca do tempo e suas memórias.
Adorei
Um grande abraço.

POESIAS SENSUAIS E CONTOS disse...

Lindo versejar. Parabéns

Vieira Calado disse...

Curiosamente um dos meus próximos livros é Nu Tempo, um poema dumas 60 páginas...

Beijinho para si!

Open Kloset disse...

Ola Linda:)
Tudo Bem?
Adoro O Post:)
Obrigada
Bjs Open Kloset
Novo Post:http://openklosetfashion.blogspot.pt/2016/05/espaco-espelho-d-agua.html#comments
Instagram:@openklosetfashion

António Jesus Batalha disse...

Passando pela net encontrei o seu blog, estive a folhear achei-o muito bom, feito com muito bom gosto.
Tenho um blog que gostava que conhecesse. O Peregrino E Servo.
PS. Se desejar fazer parte dos meus amigos virtuais faça-o de forma a que eu possa encontrar o seu blog para o seguir também.
Que haja paz e saúde no seu lar.
Com votos de saúde e de grandes vitórias.
Sou António Batalha.
http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/

POESIAS SENSUAIS E CONTOS disse...

Você pode se inspirar
em um lugar lindo
e guardar só para si,
ou através dos símbolos
da escrita compartilhar
a beleza a todos nós...


Francis Perot

rosa-branca disse...

Olá amiga Mariazita, não conhecia essa poetisa, mas adorei o poema. Como está o Miguel? Espero que bem melhor. Beijos com carinho

Nana disse...

olá que cantinho lindo eu achei ...
tenha um dia maravilhoso ....
bejinhos em seu coração....

venha conhecer o meu catinho e me seguir se desejar ok ???

Deus te abençõe ...

bjus :)