E EIS QUE, TENDO DEUS DESCANSADO NO SÉTIMO DIA, OS POETAS CONTINUARAM A OBRA DO CRIADOR.
(MÁRIO QUINTANA)

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

MUDANÇA DE CASA

MUDANÇA DE CASA

Minhas amigas e meus amigos,
Este blog, «Olhai os Lírios do Macuá», vai mudar-se para A CASA DA MARIQUINHAS ,
onde serão publicados os posts (de poesia) respeitantes ao «LÍRIOS», a partir do próximo dia 02/12/2010, quinta-feira.

Espero lá as vossas visitas, que antecipadamente agradeço.

E, se quiserem fazer-se seguidores de lá… dar-me-ão um grande prazer, na medida em que este blog vai encerrar as suas portas por tempo indeterminado.

Muito obrigada pela vossa compreensão.

11 comentários:

Desnuda disse...

Mariazitaaaaaaa,

é claro que estarei lá!

Linda noite, querida amiga. Beijos com carinho

Chica disse...

Claro que vou lá!beijos,tudo de bom,chica

Graça Pereira disse...

Lá estarei, minha querida!
Beijoca
Graça

Isa disse...

Lá continuarei a ler-te!
Beijo.
isa.

http://maxalas.blogspot.com disse...

http://maxalas.blogspot.com news,video,photo,online sport

nacasadorau disse...

Querida Mariazita!

Podes contar comigo lá!
Beijos

mixtu disse...

vou lá...

abrazo serrano

Juliana Apetitto disse...

Mariazita querida, me desculpe a ausência, pois eu andei realmente sumida dos blogs. Mas adicionei vc recentemente no facebook e espero que possamos nos falar com mais frequencia. Estou aqui para lhe desejar um feliz natal com mta paz e amor, saúde e realizações! que vc continue sendo essa grande pessoa de coração enorme. Obrigada por lembrar-se de mim. Fica com Deus um feliz 2011 pra vc!!!

Jacque disse...

Eu estou oferecendo meu cartãozinho de Natal, no meu Blog AGUA DE ROSAS, apareça...
http://aguaderosas-jacque.blogspot.com/

Valquíria Oliveira Calado disse...

Olá, vim deixar um carinho de amiga, com abraços de paz, beijos no teu coração.♥

Olavo Bilac

Natal


Jesus nasceu. Na abóbada infinita
Soam cânticos vivos de alegria;
E toda a vida universal palpita
Dentro daquela pobre estrebaria...

Não houve sedas, nem cetins, nem rendas
No berço humilde em que nasceu Jesus...
Mas os pobres trouxeram oferendas
Para quem tinha de morrer na cruz.

Sobre a palha, risonho, e iluminado
Pelo luar dos olhos de Maria,
Vede o Menino-Deus, que está cercado
Dos animais da pobre estrebaria.

Não nasceu entre pompas reluzentes;
Na humildade e na paz deste lugar,
Assim que abriu os olhos inocentes
Foi para os pobres seu primeiro olhar.

No entanto, os reis da terra, pecadores,
Seguindo a estrela que ao presepe os guia,
Vem cobrir de perfumes e de flores
O chão daquela pobre estrebaria.

Sobem hinos de amor ao céu profundo;
Homens, Jesus nasceu! Natal! Natal!
Sobre esta palha está quem salva o mundo,
Quem ama os fracos, quem perdoa o mal,

Natal! Natal! Em toda a natureza
Há sorrisos e cantos, neste dia...
Salve Deus da humildade e da pobreza
Nascido numa pobre estrebaria.

FELIZ NATAL!

Donetzka Cercck Lavrak Alvarez disse...

Consegui entrar no seu blog lírio,mariazita.Mas não tem como seguir aqui,certo?

Obrigada pela visita,comentário e um lindo ano de 2013 com todas as bênçãos e felicidades para vc e família.

Beijos


Donetzka