E EIS QUE, TENDO DEUS DESCANSADO NO SÉTIMO DIA, OS POETAS CONTINUARAM A OBRA DO CRIADOR.
(MÁRIO QUINTANA)

terça-feira, 26 de maio de 2009

LIBERDADE



Se quiser comece por ligar o vídeo, abaixo, e acompanhe João Villaret declamando o poema.


LIBERDADE

FERNANDO PESSOA

Ai que prazer
não cumprir um dever.
Ter um livro para ler
e não o fazer!
Ler é maçada,
estudar é nada.
O sol doira sem literatura.
O rio corre bem ou mal,
sem edição original.
E a brisa, essa, de tão naturalmente matinal
como tem tempo, não tem pressa...
Livros são papéis pintados com tinta.
Estudar é uma coisa em que está indistinta
A distinção entre nada e coisa nenhuma.
Quanto melhor é quando há bruma.
Esperar por D. Sebastião,
Quer venha ou não!
Grande é a poesia, a bondade e as danças...
Mas o melhor do mundo são as crianças,
Flores, música, o luar, e o sol que peca
Só quando, em vez de criar, seca.
E mais do que isto
É Jesus Cristo,
Que não sabia nada de finanças,
Nem consta que tivesse biblioteca...


Fernando Pessoa



Toda a gente conhece Fernando Pessoa. Por isso, dele, lembrarei apenas que nasceu em Lisboa, a 13 de Junho de 1888, e faleceu a 30 de Novembro de 1935, também em Lisboa.
É considerado um dos maiores poetas da língua portuguesa, cujo valor é comparado a Camões.
Juntamente com Pablo Neruda, foi eleito, pela crítica, o mais representativo poeta do século XX


João Villaret :: Liberdade :: Fernando Pessoa

18 comentários:

João Videira Santos disse...

Fernando é Pessoa, mas...na poesia o meu gosto não oscila! Por ele, em momentos, "sim", outros..."não"!Quanto a Villaret: Sim! Sempre, sempre,SEMPRE!!!

(Agradeço o alerta para vir até aqui!)

Paula Raposo disse...

Liguei o som mas não ouvi o inconfundível e magistral João Villaret!! Beijos.

irineu xavier cotrim disse...

Fernando Pessoa - é sempre uma boa e necessária reflexão.

Giselle disse...

Má,
lindo , lindo, lindo ...
Pablo Neruda foi a inspiração para o meu ex marido dar o noem ao meu filho de Pablo.
Rs, engraçado né?
De maloqueiro que ele é, ele gostava das poesias de Pablo Neruda, sorte do meu filho, pois ficou com um belo nome, rs...
Um beijo grande minha linda, e tenha uma terça feira maravilhosa

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA MARIAZITA, QUE BOM RECORDAR ESTE MAGNÍFICO POEMA... OBRIGADA AMIGA... ABRAÇOS DE AMIZADE,
FERNANDINHA

Pena disse...

Amiguinha:
Sabe, que sorri, fiquei enterneccido e feliz, ao ouvir declamar e ao ler o poema.
Realmente, este Fernando Pessoa é admirável. Notável.
Qualquer "coisa" de alucinante talento, magia e um génio sensível e fabuloso.
É "isso" que o faz o MELHOR!
Adorei, amiguinha. Bela escolha, é também por isso que nutro imensa estima, respeito e consideração por tudo o que faz.
Parabéns sinceros.
Beijinhos amigos

pena

OBRIGADO pela sua amizade.
Bem-Haja!

Alvaro Oliveira disse...

Olá Mariazita

Amiga, felicito-a pelas postagens
de poesia de Fernando Pessoa, um
dos meus favoritos ídolo da
poesia. joão Villaret admiro-o
pelo seu jeito de declamar.

Parabéns.

Um beijo

Alvaro

Desnuda disse...

Mariazita! Que beleza! Claro que amei...É como se diz " Fernando na veia!" Eterno, imortal que ultrapassou e ultrapassará sempre todos os séculos com a sua arte e sensibilidade.


Beijos, amiga

Desnuda disse...

Não pude ouvir o vídeo! Não abriu....Ficou um espaço em branco....

+ Beijos!

Maria João disse...

Querida Mariazita

A poesia de Fernando Pessoa, declamada por João Villaret...faz parte dos momentos unicos, geniais.
Momentos em que sentimos que nada falta nem nada excede. Tudo lá está, na exacta medida da mais bela criação.

Um beijinho amiguinha
Obrigado por este momento especial

Ana Martins disse...

Querida amiga,
Este poema "Liberdade" de Fernando Pessoa já conhecia e devo dizer-te que acho magnifico!

Beijinhos,
Ana Martins

JADY*ALVES disse...

Amiga querida! Desculpe o sumiço...
Vim só dizer um oi e deixar meu beijo.
Passei meu olhar rapidamente, estou cansada amiga...
Amanhã com certeza eu voltarei pra ler estas poesias, sei que vou amar todas e depois vou a tua casa te levar meu carinho ok?
Beijinhos e carinhos.
Tua amiga Jady

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

A glória da amizade não é a mão estendida,
nem o sorriso carinhoso,
nem mesmo a delícia da companhia.
É a inspiração espiritual que vem quando você
descobre que alguém acredita e confia em você.

(Ralph Waldo Emerson)

Visite meu novo blogger
UMA ILHA PARA AMAR
http://eduardopoisl.blogspot.com/

Um grante abraço do amigo Eduardo Poisl

Ricardo Calmon disse...

uMA MINA DE OURO EM LITERARURA FORMA,FUNDAMENTASTES NESSE ORÁCULO SEU!

MERCI,MARIAZITA,POR SIMPLICIDADE,CULTURA E SENSIBILIDADE SUA!

vIVA A vIDA

JADY*ALVES disse...

Querida e doce amiga.

Senti a pele arrepiar toda ouvindo a declamação de Villaret.
E Fernando Pessoa minha amiga, é FERNANDO PESSOA!!! Dizer mais o que?

Aplausos para o Mestre da poesia.

E pra você meu anjo.

Sabe tocar o coração na escolha das postagens. Adorei.

Abraços e carinhos da Jady

Paula Raposo disse...

Lamento, mas não consigo ouvir. Qualquer coisa que não funciona por aqui. Outros videos noutros blogs eu oiço. Beijinhos, bom fim de semana.

Multiolhares disse...

Fernando pessoa é um dos meus poetas preferidos, e de João Villaret, que dizer, ficou perfeito
beijos

Vieira Calado disse...

Ai que prazer

ler

Fernando Pessoa!


Beijinhosss